Norte, Guarda, Vila Nova de Foz Côa

Parque Arqueológico e Museu do Côa | Fundação Coa Parque

Oferta digital - Jogos

Museu do Côa
Rua do Museu
5150-620 Vila Nova de Foz Côa

https://arte-coa.pt
adicionar

O vale do Côa apresenta o maior conjunto mundial de arte rupestre ao ar livre do Paleolítico Superior.  Nos 200 kms2 do Parque Arqueológico do Vale do Côa localizam-se mais de 80 sítios com arte rupestre e mais de 1200 rochas gravadas. Reconhecendo-se o interesse patrimonial e cultural deste conjunto foi criado, em 1996, o Parque Arqueológico com a missão de gerir, proteger, investigar e mostrar ao público a arte rupestre. Dois anos depois, a UNESCO incluiu a Arte Pré-histórica do Vale do Côa na Lista do Património Mundial. 
O Museu do Côa, em julho de 2010, abre ao público proporcionando ao visitante a descoberta da arte e da arqueologia do vale do Côa, não substituindo a visita aos sítios de arte rupestre, o "verdadeiro” museu.

Visita guiada

Visita guiada

O abrigo das Lapas Cabreiras: a arte e a ocupação da Pré-história Recente 

O abrigo das Lapas Cabreiras: a arte e a ocupação da Pré-história Recente 
Descoberto no ano de 2008, o grande abrigo granítico decorado das Lapas Cabreiras revelou-se como um dos mais importantes sítios arqueológicos da Pré-história Recente da região do Côa, desde logo pela ampla decoração que exibe, gravada e, sobretudo, pintada distribuída por quatro painéis ao longo do abrigo, e pertencente integralmente ao universo da arte Esquemática. Mas também pelos importantes vestígios de ocupação humana coeva da decoração, no próprio abrigo e nas plataformas subjacentes, que lhe confere um lugar importante no estudo da contextualização arqueológica da arte rupestre.

Ponto de encontro: Museu do Côa às 09h30.
Inscrição obrigatória e mais informações por email para museugeral@arte-coa.pt
Seguro incluído.

Aconselhamos o uso de roupa e calçado apropriado para este tipo de caminhada, chapéu, água e reforço alimentar. Caso haja previsão de chuva o uso de impermeável. A actividade poderá ser cancelada caso as condições climatéricas não permitam fazer o percurso em segurança.

Parceiro - Centro de Estudos em Arqueologia, Artes e Ciências do Património / Universidade de Coimbra.
Apoio - Associação Transumância e Natureza.

Acesso grátis

Domingo, 21 de junho de 09:30 à 15:00

Todos os públicos

Oficina

Oficina

A Arqueologia – O Mistério e a Ciência

Se recorrermos ao mistério do que esconde a terra, os dividendos serão imensos. Os segredos são imensos. "…A terra esconde vida: é que debaixo da terra, as sementes são invisíveis. Dormem no segredo da terra até que os descubramos…”, (O Principezinho de Antoine de Saint-Éxupery). Mas a terra também esconde vestígios escondidos e fragmentados. E esses vestígios conservam-se, algumas vezes, intocáveis. O método para chegar a estas sementes é um método científico com o nome de Arqueologia.
Nesta atividade teremos um módulo de escavação arqueológica composto por uma caixa de madeira, com areia, onde decorrerá uma escavação fictícia. Faremos as quadrículas, utilizaremos os instrumentos próprios de uma escavação. O que iremos descobrir? Um acampamento com vestígios materiais dos homens e mulheres que gravaram no xisto. Criar-se-á um ambiente propício para a descoberta da investigação arqueológica, nomeadamente do trabalho de campo. As várias camadas estratigráficas e os materiais encontrados devem ser usados como peças de um puzzle.
A atividade pressupõe uma visita especial às salas A e B do Museu. Os grupos devem ser divididos em dois, cada um fazendo trabalho de campo e trabalho de laboratório. É registada, no nosso Caderno de Campo, toda a informação acerca das réplicas encontradas, que depois será levada para o laboratório.

Público-alvo dos 6 aos 14 anos
Número de participantes - Mínimo de 5 e máximo de 10
Inscrição obrigatória
Informações e inscrições: martamendes@arte-coa.pt

4.00 €

Sábado, 20 de junho de 10:30 à 12:00 et de 15:00 à 16:30

Crianças

Visita guiada

Visita guiada

Visita ao Fariseu

Os conteúdos do Museu do Côa são reflexo da investigação dos arqueólogos do Parque Arqueológico.
Salientando este elo a Fundação Côa Parque propões-se uma visita pedestre ao Fariseu onde recentemente os trabalhos arqueológicos colocaram a descoberto uma das maiores representações paleolíticas do mundo, um auroque com mais de 3m, apenas comparável com os auroques da gruta de Lascaux.
O arqueólogo investigador Thierry Aubry, Responsável Técnico Científico do Museu do Côa e Parque Arqueológico do Vale do Côa, irá orientar a visita ao sítio arqueológico contextualizando a arte e os vestígios encontrados.

Tempo: aprox. 2 horas
Ponto de encontro: Museu do Côa às 09h30.
Inscrição obrigatória e mais informações por email para museugeral@arte-coa.pt
Seguro incluído.

Aconselhamos o uso de roupa e calçado confortável, chapéu, água. Caso haja previsão de chuva o uso de impermeável. A actividade poderá cancelada ser caso as condições climatéricas não permitam fazer o percurso em segurança.

16.00 €, Existem taxas de desconto

Sábado, 20 de junho de 09:30 à 11:30

Todos os públicos

Oferta digital - Jogos

Oferta digital - Jogos

CÔaVIDa

Em tempos de quarentena o Museu do Côa continua com energia.
O Serviço Educativo disponibiliza, todas as semanas, alguns jogos e desafios, para pôr as cabeças a pensar e animar os vossos momentos mais aborrecidos.
Fica atento e descobre os desafios, adivinhas e vídeos que temos para ti.

Acesso grátis

Todos os públicos

Contacto imprensa :

Cristina Rebelo

cristinarebelo@arte-coa.pt

+351 2797682670

  • Museu do Côa
    Museu do Côa
  • Oficina A Arqueologia – O Mistério e a Ciência
    Oficina A Arqueologia – O Mistério e a Ciência
  • Fariseu
    Sítio do Fariseu
  • Abrigo das Lapas Cabreiras
    Abrigo das Lapas Cabreiras

Mapa de acesso

-7.112333 41.079861